Imprimir

Certificação de Processos e Pessoal

Escrito por Certisolda. Publicado em Certificação de Processos e Pessoal

A CERTISOLDA dedica-se a fornecer consultorias e certificações na área de soldagem. A CERTIFICAÇÃO EM SOLDAGEM é uma das Principais atividades do nosso Grupo, com mais de 5.000 profissionais certificados em Processos de Soldagem nesses últimos dez anos de atividade, contamos com uma equipe de Engenheiros, Tecnólogos e Inspetores de Soldagem Qualificado.

Executamos toda a rotina da Qualificação de Procedimento de Soldagem e Soldadores, ou seja, desenvolvemos o processo, acompanhamos a soldagem dos corpos de prova, a usinagem, os ensaios físicos e mecânicos, e a elaboração das seguintes documentações técnica de soldagem:

- Instrução de Execução e Inspeção de Solda - IEIS

- Especificação de Procedimento de Soldagem – EPS

- Registro de Qualificação de Procedimento de Soldagem – RQPS

- Registro de Qualificação de Soldadores e/ou Operadores – RQS

- Relação de Soldadores/Operadores de Soldagem Qualificados – RSQ

- Ficha de Instrução de Soldagem – FIS

QUALIFICAÇÃO DE PROCEDIMENTO DE SOLDAGEM

A EPS é um documento que descreve como uma solda deve ser realizada na produção. Sua finalidade é auxiliar no planejamento e controle de qualidade da operação de soldagem. O documento contém as faixas de parametrização qualificadas para as operações de soldagem, e a maioria dos códigos de construção exige a emissão e aplicação desse documento.

Um procedimento de soldagem deve ser qualificado de acordo com as exigências de uma norma de projeto e ter um procedimento de soldagem adequado para essa finalidade, por exemplo Código ASME Seção IX, define:

1. Produzir uma especificação de procedimento de soldagem (EPS) preliminar.

2. Soldar uma peça de teste ou como chamamos também corpo de prova, de acordo com as exigências da sua especificação técnica de produção.o ato de soldar dever acompanhado de uma  inspeção visual e testemunhado por um inspetor de soldagem certificado por um órgão de inspeção autorizado. Os detalhes dos parâmetros devem ser registrados em um acompanhamento de soldagem, tais como a tensão e corrente de soldagem, velocidade de soldagem, pré-aquecimento, etc., que depois irão fazer parte da EPS revisada.

3. Uma vez que a soldagem é completada , a peça de teste passa por um exame destrutivo e não destrutivo, como radiografia e ensaios mecânicos conforme definido pelo código de qualificação de procedimento de soldagem. Este trabalho deve ser realizado em um laboratório credenciado e homologado para essa modalidade, o inspetor responsável pode exigir o testemunho dos testes e avaliar as radiografias.

4. Se o teste for bem sucedido, todos os dados obtidos na soldagem do corpo de prova e os relatórios de ensaios devem ser anotados nos documentos apropriados (RQP) assinados e aprovados por pessoal habilitado.

 

ETAPAS DA QUALIFICAÇÃO DE UMA EPS

Passo 1 Passo 2
1) Recebimento e analise dos certificados de metais base e consumíveis de soldagem 2) Especificação do teste de soldagem
Passo 3 Passo 4
3) Inspeção visual e dimensional do corpo de prova a ser soldado 4) Acompanhamento da soldagem
Passo 3 Passo 4
5) Inspeção visual e dimensional do corpo de prova após soldagem 4) Acompanhamento da soldagem

 QUALIFICAÇÃO DE SOLDADOR

Uma vez que o processo de soldagem for aprovado, é necessário demonstrar que todos os soldadores tenham o conhecimento necessário e habilidade para depositar uma solda com qualidade, caso o soldador tenha completado satisfatoriamente o teste do procedimento, então ele é automaticamente aprovado, cada soldador adicional deve ser aprovado em ensaios de acordo com regras do código/norma utilizado, por ex no ASME Seção IX é feito da seguinte forma:

1. Qualificar um corpo de prova de procedimento de soldagem. O ensaio deve simular as condições de produção inclusive com a posição de soldagem de produção pois a ação da gravidade impõe na operação de soldagem uma séria  de restrições, por isso devem ser testadas previamente.

2. Para qualificação de um soldador em todas as posições de soldagem por exemplo, deve-se soldar um tubo inclinado a 45 graus (referida como a posição 6G) que o aprova em todas as posições, exceto para a soldagem vertical descendente.

3. Fazer a deposição solda de acordo com a EPS qualificada, para assegurar que a solda  atinja os padrões de qualidade exigidos.

4. Para uma soldagem de topo é exigido um exame visual seguido por ensaios de radiografia ou dobramento.

5. Uma vez que o teste é concluído preencher os formulários necessários devem ser preenchidos por pessoal habilitado e assinado pelo inspetor autorizado.

6. Note que quaisquer alterações fora das faixas indicadas exigem um novo procedimento de soldagem (EPS) e isto também aplica-se para a aprovação de soldadores. Os código de referência são bem conservadores e ao longo dos anos sofrem pequenas alterações porém deve-se sempre consultar e revisar a documentação a cada nova revisão da norma utilizada.

Veja o exemplo de um RQS preenchida.

 


 

CENTRAL DE CERTIFICAÇÃO

A INFOSOLDA em associação com a PROAQT visando a uma nova solução para as empresas do setor de soldagem criou uma CENTRAL DE QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO de SOLDAGEM, uma maneira das empresa reduzirem os custos de Certificação em SOLDAGEM. Em vez das empresas suportarem setores internos específicos, com elevados custos já conhecidos de Engenharia de soldagem,  inspetores, soldadores, controladores, maquinas de solda, local, etc. Elas podem contratar o serviço especializado de uma equipe já pronta com conhecimento tecnológico, espaço físico adequado e equipamentos necessários para realizar todos os serviços relacionados a Engenharia de soldagem e inspeção.

 

 

 

UK Bookamekrs http://gbetting.co.uk Free Bets